Um Projeto de Lei apresentado por uma deputada no estado de Pernambuco defende a gratuidade de acesso a festas e eventos diversos para os profissionais de segurança pública, mas não teria incluído os policiais penais na lista dos beneficiados.

A informação é do sindicato da categoria no estado, que entende a situação como “falta de isonomia”. Assim, o presidente da entidade sindical gravou um vídeo explicando seu posicionamento.

Confira.

Deixe uma resposta